20080921

Súplica...


"Agora que o silêncio é um mar sem ondas,
E que nele posso navegar sem rumo,
Não respondas
Às urgentes perguntas
Que te fiz.
Deixa-me ser feliz
Assim,
Já tão longe de ti como de mim.


[...] Não perturbes a paz que me foi dada.
Ouvir de novo a tua voz seria
Matar a sede com água salgada."


Sei que nunca lerás este post que a ti te dedico...

No entanto é esta a Súplica, de Miguel Torga, que te faço... pode ser que tropeces nela um dia, por entre as tuas pesquisas e a preguiça pela leitura...


[img. de Leonardo Merçon, retirada daqui]

4 comentários:

Pelos caminhos da vida. disse...

Visitando pela primeira vez!

Palavras ditas,escritas,qdo cai no universo sempre chega ao seu destinatário.

beijooo.

Sol disse...

É só o meu poema preferido do Torga, esse e o Sísifo, aquele que diz "de nenhum fruto queiras só metade".
Um beijinho meu grilo falante! =)
*

David Monsores disse...

Silêncio, Silêncio... Palavras... Silêncio.

O silêncio é a música que rege o universo, as palavras tentam sair um pouco da rotina.

Bacana poder passar aqui!

Até!

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,