20070205

A lição da borboleta...



Depois de algum tempo ausente deste meu mundo de palavras retomo com uma lição que muitos devem conhecer, mas que às vezes passa tantas vezes esquecida...

"Um homem observava, horas a fio, uma borboleta que se esforçava para sair do casulo. Ela conseguiu fazer um pequeno buraco, mas o seu corpo era grande demais para passar por ali. Depois de muito tempo, ela pareceu ter perdido as forças, e ficou imóvel.

O homem, então, decidiu ajudar a borboleta; com uma tesoura, abriu o resto do casulo, e libertou-a imediatamente. Mas o seu corpo estava fraco, era pequeno e tinha as asas amassadas.

O homem continuou a observa-la, à espera que, a qualquer momento, as asas dela se abrissem e ela levantasse voo. Mas nada disso aconteceu; na verdade, a borboleta passou o resto da sua vida a rastejar com um corpo fraco e asas encolhidas, incapaz de voar.

O que o homem – com gentileza e vontade de ajudar – não compreendia, era que o casulo apertado e o esforço necessário à borboleta para passar através da pequena abertura, foi o modo escolhido pela natureza para exercitá-la e fortalecer as suas asas.

Algumas vezes, um esforço extra é justamente o que nos prepara para o próximo obstáculo a ser enfrentado. Quem se recusa a fazer este esforço, ou quem tem uma ajuda errada, acaba sem condições de vencer a batalha seguinte, e jamais consegue voar até o seu destino."

Por isso todas as quedas que vamos dando, ao longo do complicado caminho que é a vida, são importantes lições que nos darão força para vencer as batalhas que nos esperam...
Qualquer que seja o obstáculo há sempre forma de o passar, mesmo com a preciosa ajuda dos amigos...